Saiba como fazer uma prevenção de inundações nos condomínios de modo eficiente!

A prevenção de inundações é a melhor maneira de preservar o condomínio, evitando problemas maiores que afetam a estrutura dos prédios e o bem-estar dos moradores. Porém, para corrigir o problema, é necessário ter algum conhecimento sobre as causas e o que deve ser feito, atuando assim antes dos períodos de chuvas mais densas e obtendo melhores resultados.

Neste post, vamos mostrar quais são os principais fatores que resultam em inundações e dar dicas sobre como se prevenir em relação a esse problema. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

Quais são as principais causas de inundações?

Para atuar de maneira realmente preventiva, o primeiro passo é identificar os agentes causadores de inundação. Destacamos os principais na sequência.

Má infraestrutura para escoamento

Quando não há uma infraestrutura consistente para o escoamento, há uma grande probabilidade de que o local seja alagado quando houver a concentração de um grande volume de água. O prédio precisa de um sistema de dutos limpos, além de bombas quando estiver localizado em áreas com maior incidência de inundações.

Condições do terreno desfavoráveis

As áreas urbanas já estão mais propensas aos alagamentos graças à impermeabilização do solo provocada pela colocação do asfalto. Quando a região é próxima de rios e córregos, essa questão tende a piorar, com a elevação dos rios em dias de maior volume de chuvas.

Como fazer a prevenção de inundações?

Nós sabemos que, durante os períodos de chuvas mais intensas (geralmente nos primeiros meses do ano), os locais que sofrem com alagamentos estão propensos a passar por esses problemas. Por isso, algumas medidas preventivas podem ser adotadas dentro do plano de gestão.

Limpeza frequente de tubulações e ralos

A falta de manutenção dos ralos, tubulações e calhas do prédio facilita a ocorrência de entupimentos, os quais impedem o escoamento da água, sendo uma das causas das inundações. Certifique-se de que a limpeza é feita periodicamente, evitando o acúmulo de lixo e de qualquer outro material capaz de obstruir a passagem da água de chuva. Outra boa providência é a instalação de bombas.

Investimento em boas comportas

Embora seja uma medida paliativa, ajuda a diminuir os impactos da inundação, evitando que a água entre nas garagens e traga um enorme prejuízo aos moradores. As comportas ajudam a barrar a força da água, evitando a sua entrada e deixando o local mais protegido.

Avaliação das condições da rua

A prefeitura é responsável pela cessão de informações sobre o terreno no qual o prédio foi construído. Isso é relevante principalmente em cidades que foram feitas sobre a canalização de córregos e rios, como é o caso de São Paulo.

Ao perceber que o local em que o prédio foi feito tem essas características, é importante pensar em um plano mais contundente de prevenção de alagamentos, contando com a ajuda de empresas especializadas para a limpeza dos dutos.

Algumas desentupidoras também oferecem o serviço para a limpeza de galerias de esgotos, tirando o lixo que muitas vezes é jogado no chão e provoca o entupimento e, por consequência, o alagamento nos períodos de chuva.

Para fazer a prevenção de inundações, é importante ficar atento a todos esses pontos e tomar medidas eficientes. Outro detalhe importante é a contratação de seguros capazes de ressarcir eventuais perdas de veículos e prejuízos dos condôminos, evitando conflitos e problemas maiores

Quer mais informações que ajudem nesse trabalho administrativo? Confira o post sobre como fazer um planejamento de condomínio impecável!

Receba inovações e boas práticas para a gestão condominial!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.