Saiba como fazer um planejamento de condomínio impecável

Quem quer fazer uma gestão condominial realmente impactante deve providenciar o planejamento de condomínio. Ele é importante porque esclarece cada passo que deverá ser tomado pelo gestor a fim de alcançar os objetivos pretendidos.

Além disso, quando se cria um plano, todos conseguem acompanhar o trabalho e identificar rapidamente a qualidade da gestão. Quer aprender a fazer um bom planejamento de condomínio? Veja nossas dicas a seguir!

Entenda a situação do condomínio

Cada condomínio tem suas peculiaridades e com isso o planejamento será diferente. Uma boa forma de criar um panorama da situação é estabelecer os pontos fortes e pontos fracos atualmente. 

Por exemplo: o síndico pode perceber que todos os equipamentos de segurança estão em dia, mas que a pintura da fachada está velha. Ao longo da análise, percebe também que o gasto com energia elétrica das áreas comuns é muito alto. Todas essas questões devem ser anotadas para iniciar o planejamento de condomínio.

Defina objetivos

As metas do condomínio deverão ser desenvolvidas de acordo com os pontos de melhoria identificados na análise do síndico. Não adianta criar objetivos descolados da realidade, pois eles não se concretizarão.

Prosseguindo em nosso exemplo, o síndico pode identificar a necessidade de propor uma obra de revitalização de fachadas. Para reduzir o impacto financeiro dessa obra, há alternativas de economia, como a substituição dos equipamentos elétricos da área comum por opções que consomem menos energia elétrica, como lâmpadas LED.

Crie um cronograma

É possível fazer tudo no condomínio. Só não é possível fazer tudo ao mesmo tempo. Assim, as prioridades deverão ser organizadas dentro de um cronograma. Fazer a obra em nosso exemplo é uma meta muito importante. Mas, antes dela, vem a obtenção dos recursos, afinal de contas não faz sentido renovar as fachadas endividando o condomínio.

Por isso, o síndico deverá planejar as iniciativas de acordo com um cronograma, dando tempo para a conquista de cada objetivo até que seja possível seguir adiante.

Consiga aprovação

Um bom planejamento de condomínio deve ser colocado para votação em assembleia. Desse modo, o síndico apresenta as necessidades que identificou e as ideias que surgiram para obtenção de recursos, cronogramas para criação de fundos e outras perspectivas.

Nesse momento de apresentação, obterá a avaliação dos condôminos, recebendo um feedback importante sobre o desejo de todos sobre a execução do plano. 

Em nosso exemplo, é possível que os condôminos desejem criar um fundo específico com pagamentos adicionais, sem contar apenas com a economia das contas, acelerando o processo. Por isso, é importante que o planejamento de condomínio leve em consideração todos os envolvidos, aprimorando os projetos e evitando conflitos por desconhecimento das ações implementadas.

Busque assessoria

O planejamento de condomínio vai exigir uma série de análises e conclusões técnicas. Nem sempre o síndico consegue fazer isso sozinho, mas não há motivo para se preocupar. Uma boa administradora de condomínios o auxilia na organização de prioridades, na criação de alternativas e conduz o processo de tomada de decisão. Vale a pena considerar o apoio profissional para um trabalho eficiente!

O planejamento de condomínio é uma ótima maneira de fazer uma gestão focada em resultados. Quando existe um rumo claro, é muito mais fácil de visualizar como o síndico conduz a gestão, se tudo está sob controle e se há motivos para revisar os planos. Assim, todos ficam mais tranquilos e é possível direcionar a administração sem conflitos, visando ao melhor para a coletividade.

Agora que você aprendeu mais sobre o planejamento, veja também como fazer o controle financeiro do condomínio!

Receba inovações e boas práticas para a gestão condominial!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.