Veja como fazer a gestão de conflitos em condomínio de forma eficiente

Muitos síndicos se concentram apenas no controle financeiro, fiscalização dos colaboradores, manutenção das áreas e realização de reformas dentro de um condomínio, porém investir na gestão de conflitos é fundamental para garantir a boa convivência entre os moradores.

Como tomar providências para solucionar os impasses é uma das responsabilidades do síndico, trazemos este post para conhecer os principais motivos de conflitos e como lidar com eles. Acompanhe!

Quais são os principais motivos de conflitos em condomínios?

Para que você consiga lidar com os conflitos adequadamente, é importante saber os principais motivos pelos quais eles ocorrem, como:

  • danificação das áreas comuns, como quadras, sauna, piscina, entre outras;
  • barulho excessivo ou à noite — pode decorrer de festas, latidos de cachorro, conversas altas de madrugada, entre outros;
  • utilização indevida de vagas de garagem;
  • problemas hidráulicos nos apartamentos;
  • brincadeiras de crianças nas áreas comuns;
  • uso indevido das vagas na garagem;
  • inadimplência no pagamento da taxa condominial;
  • emissão de fumaça de cigarro etc.

É importante solucionar esses problemas para manter a segurança, tranquilidade e ordem no local, garantindo que os moradores convivam em harmonia e paz.

Quais são as melhores dicas para fazer gestão de conflitos?

Entre as inúmeras táticas que podem ser aplicadas pelos síndicos, listaremos as mais eficientes para solucionar grande parte dos conflitos.

Crie um canal de comunicação

Geralmente, os condomínios têm um canal em que os moradores podem conversar entre si, propor melhorias, fazer reclamações e observações.

Entretanto, é recomendável usar um aplicativo que permita a criação de um canal em que somente o síndico e os condôminos conflitantes acessem. Isso permite que eles tenham mais privacidade e cheguem a um acordo sem a interferência de terceiros.

Seja imparcial

O síndico deve ter algumas qualidades interpessoais para sempre garantir o bem-estar dos moradores. A primeira delas é a empatia, ou seja, conseguir se colocar no lugar de ambos os lados da discussão e entender seus motivos.

A outra qualidade é a resiliência, ou seja, a sua capacidade de solucionar problemas sem se abalar psicológica ou emocionalmente. Isso significa que você não pode se deixar levar pela emoção — e agir com raiva, por exemplo — independentemente da postura dos condôminos, da sua relação com os moradores ou a causa do impasse.

Com essas qualidades, você conseguirá ser mais justo e profissional na resolução do conflito, bem como gerar um clima harmonioso entre os moradores.

Deixe as normas claras

Garanta que a convenção de condomínio e o regime interno (ou estatuto condominial) sejam completos, objetivos e claros. Além disso, faça com que todos os moradores conheçam as normas e as entendam, o que pode ser feito ao deixar cópias desses documentos em áreas públicas, distribui-los nos canais de comunicação e explicar as regras em assembleias condominiais.

Essa dica faz com que os moradores não tenham dúvidas sobre seu comportamento, se infringiram as normas ou não, entre outros esclarecimentos.

Esteja sempre acessível

Por fim, o síndico deve estar sempre disponível para ouvir as reclamações dos moradores. Entretanto, para evitar que os condôminos procurem o administrador à noite ou em horários impróprios, estabeleça um horário no qual você estará disponível para atendimento pessoal. Outra dica é informar um e-mail ou canal exclusivo para conflitos.

Negligenciar a gestão de conflitos pode fazer com que adversidades se agravem cada vez mais. Por exemplo, um barulho excessivo que não é resolvido pode fazer com que o condômino prejudicado queira compensar o dano sofrido e se vingue da outra pessoa.

O condomínio cujo síndico investe nessa gestão garante uma maior qualidade de vida para os moradores, bem como evita que os problemas se agravem. Mas é fundamental usar ferramentas que auxiliem a administração e possibilitem a abertura de canais.

Estamos sempre atualizando nossos leitores sobre o assunto. Por isso, curta nossa página no Facebook para ficar de olho nas nossas futuras publicações!

Receba inovações e boas práticas para a gestão condominial!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.