Veja como montar um bicicletário para condomínio e quais são os benefícios

Você já pensou em instalar um bicicletário para condomínio? Essa ideia, não só estimula uma atitude mais sustentável, como pode acertar em cheio o desejo de moradores que querem usar a bicicleta para locomoção, mas não têm espaço para guardá-la no apartamento.

Neste post, vamos explicar tudo sobre o assunto e dar algumas dicas para controlar o acesso ao espaço e garantir a sua organização. Confira!

O que é um bicicletário?

Como o próprio nome sugere, bicicletário é um espaço para guardar bicicletas, funcionando, praticamente, como uma garagem para as “magrelas”. Em algumas cidades, como São Paulo, os condomínios com áreas de acesso e estacionamento estão sendo obrigados a contar com esses espaços.

Como é feita a implementação de um bicicletário para condomínio?

Alguns condomínios antigos podem apresentar dificuldades para a implementação de bicicletários, já que os imóveis não foram pensadas para esse fim. Se esse é o caso do seu local de trabalho, vale sugerir o uso de ganchos nas paredes, mantendo as bikes organizadas. Também há a opção do bicicletário de encaixe, que mantém os veículos alinhados, lado a lado, apoiados no chão. Lembrando que tais mudanças requerem uma assembleia, para a aprovação dos envolvidos.

Vale ressaltar que a responsabilidade da segurança das bicicletas não cabe ao condomínio — exceto quando o zelador tem a chave para trancar e abrir o local. Esse cuidado é importante para evitar desgastes com os moradores e trazer um ponto positivo para o condomínio.

Como controlar o bicicletário?

Assim como qualquer assunto que envolva um condomínio, é importante estabelecer regras claras de uso do bicicletário. O ideal é que sejam usadas etiquetas, identificando o bloco e o apartamento do dono de cada bike. Mesmo que o espaço seja trancado por fora, também é interessante ter correntes e cadeados para cada bicicleta. Outra sugestão é que, de tempos em tempos, seja feito um recadastramento das bicicletas. Isso evita que equipamentos abandonados por moradores antigos ocupem o espaço.

Quais são os benefícios que ele traz?

O uso de um bicicletário traz vantagens que ajudam a valorizar o condomínio, no momento da decisão de compra ou locação de imóvel. Conheça as principais.

Libera espaço no apartamento

Se pensarmos que os apartamentos estão cada vez menores, a otimização de espaço interno é uma questão recorrente para os moradores. Por isso, não faz sentido procurar um meio alternativo de transporte, se for para ter problemas, ao guardá-lo em casa. O bicicletário ajuda as pessoas nesse sentido, com o acréscimo da segurança do veículo com uso de cadeados.

Incentiva a prática de exercícios

Ter uma bicicleta pode ser um bom incentivo para se ter uma vida mais ativa. Ao precisar se deslocar para determinado local, o morador poderá usar as duas rodas para isso, gastando menos e aumentando a saúde e o bem-estar.

Otimiza a organização do espaço

Levar a bicicleta até o apartamento pode ser um transtorno. Afinal, o morador precisa entrar com o veículo no elevador, podendo riscar paredes e incomodar os outros residentes, além da sujeira que traz para o prédio. Um bicicletário pode ser instalado próximo ao portão de entrada. Assim, o usuário já deixa o equipamento ao chegar e pode ir para o apartamento com mais conforto e tranquilidade.

Como você viu, contar com um bicicletário para condomínio não é complicado e pode, até mesmo, atrair novos moradores. Estude a viabilidade e converse com os residentes!

Se você achou esse conteúdo útil, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber mais informações que vão ajudar você no trabalho de gestão de condomínios.

Receba inovações e boas práticas para a gestão condominial!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.